Bravacinas

Varicela

Fabricantes

GskMsdMSD 2

Imunização

Varicela

R$ 270,00

à vista · 

O que previne:

A vacina previne a Varicela também conhecida como catapora, doença contagiosa causada pelo vírus varicella-zoster. Caracterizada por erupções cutâneas que formam feridas e coçam. A catapora é de fácil transmissão que ocorre através de gotículas respiratórios ou contato direto com as feridas de pessoas infectadas.

Do que é feita:

Trata-se de vacina atenuada, contendo vírus vivos “enfraquecidos” da varicela, além de gelatina, traços de neomicina, água para injeção. Não contém traços de proteína do ovo de galinha.

Indicação:

  • É recomendada de rotina para crianças a partir de 12 meses.
  • Todas as crianças, adolescentes e adultos suscetíveis (que não tiveram catapora) devem ser vacinados.

Contraindicação:

  • Pessoas que tiveram anafilaxia causada por qualquer dos componentes da vacina ou após dose anterior, e gestantes.
  • Pessoas com deficiência do sistema imunológico, seja por doença ou tratamento imunossupressor, devem ser consultadas por um médico para a indicação.

Esquema de doses:.

  • A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) e a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) recomendam duas doses da vacina varicela: a primeira aos 12 meses e a segunda entre 15 e 24 meses de idade. Essas doses coincidem com o esquema de vacinação da vacina SCR e, portanto, a vacina SCR-V pode ser usada nas duas doses.
  • Para crianças até 11 anos, o intervalo mínimo entre doses é de três meses. Já para adolescentes e adultos suscetíveis são indicadas duas doses com intervalo de um a dois meses.

Cuidados e possíveis reações adversas

  • As crianças que usaram medicamentos imunossupressores podem ser vacinadas pelo menos um mês após a suspensão do tratamento, a critério médico.
  • Crianças em uso de quimioterapia para tratar o câncer só podem ser vacinadas três meses após a suspensão do tratamento, a critério médico.
  • Crianças que receberam transplante de medula óssea só podem ser vacinadas de 12 a 24 meses após o procedimento.
  • Em caso de febre nas últimas 24 horas recomenda-se adiar a vacinação até a melhora.
  • Em 26% dos vacinados ocorre dor no local da aplicação e em 5% ocorre vermelhidão. Em 1% a 3% podem ser observadas vesículas próximas ao local da aplicação.
  • De 3% a 5% dos indivíduos apresentam  pelo corpo, semelhante às lesões causadas pela varicela, com duas a cinco lesões aparecendo entre cinco e 26 dias após a vacinação.
  • Qualquer outro evento ou um prolongamento dos eventos descritos anteriormente devem ser comunicados ao serviço de vacinação.

Dados para fins informativos. Consulte um médico de confiança para receber orientações adequadas.

Site protegido · 100% seguro

Certificado SSL