Bravacinas

Hib - Haemophilus Influenzae Tipo B

Fabricantes

Sanofi PASTER 1SANOFI PASTEUR 2

Imunização

Meningite por HIB

R$ 210,00

à vista · 

O que previne:

A vacina previne as doenças causadas pela bactéria Haemophilus influenzae tipo b. A Hib (ou Haemophilus influenzae tipo b) é uma bactéria que pode estar presente no nariz e na garganta e causar diversas doenças graves, como meningite. A transmissão pode ocorrer por via respiratórias, através de tosses e espirros.

Do que é feita:

Trata-se de vacina inativada, portanto, não tem como causar a doença. É composta de pó liofilizado com polissacarídeo da cápsula da bactéria Haemophilus influenzae tipo b (Hib) conjugado com toxoide tetânico, lactose, cloreto de sódio, água para injeção. As apresentações multidose contêm fenol.

Indicação:

  • Crianças a partir de 2 meses, até 5 anos de idade.
  • Crianças com mais de 5 anos, adolescentes e adultos com condições médicas que aumentam o risco para doenças por Hib: ausência de baço ou disfunção nesse órgão; antes e/ou após transplante de órgão ou medula óssea; após quimioterapia; entre outras.

Contraindicação:

Pessoas que apresentaram anafilaxia provocada por qualquer componente da vacina ou por dose anterior.

Esquemas de doses:

  • O Programa Nacional de Imunizações (PNI) recomenda e disponibiliza a vacina em três doses: aos 2, 4 e 6 meses de idade. As sociedades brasileiras de Pediatria (SBP) e de Imunizações (SBIm) recomendam uma quarta dose entre 12 e 18 meses, em especial para crianças vacinadas com a vacina DTPa.
  • Crianças com mais de 5 anos, adolescentes e adultos não vacinados e com doenças que aumentem o risco da doença: duas doses com intervalo de dois meses.

Cuidados e possíveis reações:

  • Em caso de febre nas últimas 24 horas recomenda-se adiar a vacinação até a melhora.
  • Compressas frias aliviam a reação no local da aplicação. Em casos mais intensos, pode-se usar medicação para dor, sob recomendação médica.
  • Pode ocorrer dor no local da aplicação, inchaço, endurecimento e vermelhidão.
  • Em relação às manifestações gerais, a febre nas primeiras 24 horas após a vacinação é relatada por 1% a 6% dos vacinados; cansaço, tontura, dor de cabeça, irritabilidade e desconforto gastrintestinal leve podem aparecer em 1% a 20% dos vacinados.
  • Qualquer outro evento ou um prolongamento dos eventos descritos anteriormente devem ser comunicados ao serviço de vacinação.

Fonte

Dados para fins informativos. Consulte um médico de confiança para receber orientações adequadas.

Site protegido · 100% seguro

Certificado SSL