Bravacinas

Gripe Quadri

Fabricantes

Abbott LaboratoriesGskGSK 2SANOFI PASTEUR 2

Imunização

Influenza

R$ 130,00

à vista · 

O que previne:

Vacina da Gripe previne infecção pelo vírus Influenza. A influenza, normalmente, conhecida como "gripe", é uma infecção respiratória causada pelo vírus influenza. Os vírus influenza A e B, que são rotineiramente transmitidos quando uma pessoa infectada tosse ou espirra gotículas contendo o vírus, estes são transmitidas pelo ar por até um metro de distância e infectam pessoas próximas. A doença também pode ser transmitida pelas mãos contaminadas com o vírus da gripe. A vacina trivalente possui duas cepas de vírus influenza A e uma cepa de vírus influenza B.

Do que é feita:

Trata-se de vacina inativada, portanto, não tem como causar a doença. Sua formulação contém proteínas de diferentes cepas do vírus Influenza definidas ano a ano conforme orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS). As cepas vacinais são cultivadas em ovos embrionados de galinha e, por isso, as vacinas contêm traços de proteínas do ovo, entretanto, pessoas alérgicas ao ovo não são contraindicadas para receber esta vacina.

Podem conter traços de formaldeído e antibióticos (geralmente gentamicina ou neomicina), utilizados durante a fabricação para prevenir contaminação por germes. Também contém cloreto de sódio e água para injeção.

Indicação:

Para todas as pessoas a partir de 6 meses de vida, principalmente aquelas de maior risco para infecções respiratórias, que podem ter complicações e a forma grave da doença.

Contraindicação:

Pessoas com alergia grave (anafilaxia), a algum componente da vacina ou a dose anterior.

Esquemas de doses:

  • Para crianças entre 6 meses e 8 anos de idade: duas doses na primeira vez em que forem vacinadas (primovacinação), com intervalo de um mês e revacinação anual.
  • A partir de 9 anos: dose única anual.
  • Para menores de 3 anos, na dependência da bula do fabricante, o volume a ser aplicado em cada dose pode ser de 0,25 mL ou 0,5 mL.

Cuidados e possíveis reações adversas:

  • Em caso de febre nas últimas 24 horas recomenda-se adiar a vacinação até a melhora.
  • Compressas frias aliviam a reação no local da aplicação. Em casos mais intensos pode-se usar medicação para dor, sob recomendação médica.
  • Manifestações locais como dor, vermelhidão e endurecimento ocorrem em 15% a 20% dos vacinados. Essas reações costumam ser leves e desaparecem em até 48 horas.
  • Febre, mal-estar e dor muscular acometem 1% a 2% dos vacinados. Têm início de seis a 12 horas após a vacinação e persistem por um a dois dias, sendo mais comuns na primeira vez em que tomam a vacina. Reações anafiláticas são raríssimas.
  • Qualquer outro evento ou um prolongamento dos eventos descritos anteriormente devem ser comunicados ao serviço de vacinação.

Fonte

  • Vacinas disponíveis - Família SBIm: https://familia.sbim.org.br/vacinas/vacinas-disponiveis
  • Gripe: https://familia.sbim.org.br/doencas/gripe-influenza
  • Meu Calendário de Vacinas: https://meucalendariodevacinas.com.br/

Dados para fins informativos. Consulte um médico de confiança para receber orientações adequadas.

Site protegido · 100% seguro

Certificado SSL